quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Relação Homem e Mulher: Recursos Humanos.

Trabalhavam na mesma empresa. Ambos eram responsáveis pela admissão e demissão dos funcionários. Ele tinha um apartamento. Ela pagava aluguel. Todos os dias se encontravam as 6 e quinze da manhã no Café Mundi, antes do expediente de trabalho.
-Como é seu nome?
-Sofia. E o seu?
-Henrique. Te vejo o dia todo, mas não te conheço muito bem.
-Pois é. Meu dia passa voando. A empresa toma muito tempo, além de me deixar preocupada demais.
Talvez por ser mulher, ela pensava mais que ele. O salário era desigual. Talvez por ser homem, ele ganhava mais que ela.
Os funcionários da empresa, que tinha o mesmo número de homens e mulheres, gostava mais de Sofia. Henrique era “durão”, carrancudo e muito cheio de si. Ela não. Ouvia, conversava, sorria e sempre arranjava uma solução para os problemas.
Todos os dias se viam, é verdade. Mas nem sempre conversavam. Sofia pensava que Henrique competia com ela. Ele achava Sofia sensível demais.
-De novo no café?- Henrique.
-Pois é. Acho mais prático me alimentar no caminho. Assim vou organizando meu dia em pensamento.- sorriu Sofia.
-Não precisa se organizar tanto. Basta olhar os currículos, alguns servem, outros não.- Encarou-a.
-Gosto de ouvir o que eles pensam, conhecer a história de vida.
-Mas se faz isso com todos, você perde muito tempo.- Indignado.
-Não acho que conversar é perder tempo.- Olhou-o com um leve sorriso.
-Mulheres. Falam demais mesmo.
Viviam num mesmo mundo. Mas como homem e mulher, pareciam ser de outro planeta. Era difícil pra ele dividir a sala com uma mulher. Os tempos haviam mudado. Ela não se importava em olhar para a cara dele, mas achava que precisava de mais espaço, afinal tinha mais objetos. De certa forma, eram homem e mulher. Diferentes de um lado, complementares em outro. E embora tivessem visões divergentes, faziam a mesma coisa no RH.

6 comentários:

Germano Xavier disse...

Não generalize, Jaque.

Mas eu também acredito que a mulher seja mais e o homem, menos.

Não generalize, Germano.

Melhor eu não falar nada.

Um carinho, Jaque.
Continuemos...

Germano Xavier disse...

Passando e relembrando, Jaque.

Um carinho.

Flávia disse...

Complementares, é o que interessa ;)

Beijo, Jaque!

Letícia disse...

Eu pensei no fator sangüíneo, Jaque. Que não deixa de ser um recurso humano. Recursos positivos e negativos. E homens e mulheres não são iguais. Eu não sou igual e também não sou melhor. Acho melhor sermos e só.

Bjs.

D.Ramírez disse...

Tbm acho q exista ai um complemento, e cada vez melhor os capitulos, muito bom!!
Besitos

meus instantes e momentos disse...

passando para te desejar uma bela semana.
Cada vez melhor, é bom vir aqui.

maurizio