segunda-feira, 28 de julho de 2008

Love...Amor..Aime...

passei dias procurando as palvras certas. anotei em meu caderninho. sujei as mãos com a tinta da caneta. e decidi que falaria de amor. essa coisa que todo mundo tenta explicar. ou pelo menos sentir. pensei no que seria. e listei algumas coisas.
amor:
-um gostar que não diminui de um aniversário para o outro.
-cama desarrumada.
-beijo roubado. e dado.
-bocas.
-braços entrelaçados.
-palavras perigosas.
-saudade.
-solidão.
-promessas.
-toques. e desejo.
-exagero.
-desapego apegado.
-olhares.
-manhãs. tardes. e noites.
-bilhetes. e cartas.
-cerveja. vinho. suco. e refreigerante.
-doce e salgado.
-viagens.
-perguntas. e respostas.
-carne. e alma.
-abraços apertados.
-sexo. transa. amor.
-filmes de madrugada.
-almoço. e janta.
-telefonemas.
-cumplicidade. e lealdade.
-amizade.
-desejo.
-conversas secretas. e abertas.
-pijama. e grife.
-água. e espuma.
-arreíos.
-eternidade.
-intensidade.
-rir. e sorrir.
-chorar.
-falar baixinho. ou gritar.
-fazer planos.
-vida. e morte.

talvez porque fosse inexplicável. talvez porque não pudesse definir. ela queria...

2 comentários:

A Senhora disse...

também: separaçào apegada, olhar distante que lhe abraça, desejo que não se toca...

Alexandre Henrique disse...

Também: parte do outro em si,cobertor, eufemismo,ciúme, falta de vergonha, infância adulta, e tantas outras coisas, oque não tem juízo algum....